Designers são, de fato, seres iluminados! Quando inspirados, podem criar um site num dia, uma identidade visual no seguinte e desenvolver a criação de uma campanha publicitária completa até o final da semana. Repito: quando inspirados! Afinal, trabalhar com criatividade e depender de inspiração não é tarefa fácil.

Embora, em síntese, todos os projetos acima mencionados se baseiem nas mesmas teorias de design, existem algumas diferenças que podem afetar a eficácia de cada um.Criar campanhas publicitárias pode ser complicado, se você não tiver experiência no assunto. A tela de criação do designer geralmente é pequena, mesmo com monitores de muitas polegadas, o que não dá margem para erros.

Você tem apenas uma chance de fisgar o público-alvo. Como fazê-lo da melhor forma? Veja o checklist MONSTRO que preparamos para você.

1. Design é fundamental

Tudo é design. Tudo.

Como citamos acima, designers são seres iluminados! E um bom designer pode promover a sua marca de forma eficaz, desde a criação da logo até o desenvolvimento de campanhas publicitárias.

Formas, cores e texturas ditam a atenção do consumidor. Se você tem um restaurante, por exemplo, o vermelho é a cor mais adequada para captar a atenção, instigando o desejo e até mesmo a fome do seu cliente em potencial.

O design vai muito, muito além disso. Há um universo de possibilidades e estratégias visuais para cada nicho. O segredo é contar com designers competentes e ávidos por resultados.

2. Utilize chamadas impactantes

Uma headline chamativa é fundamental na criação de campanhas publicitárias.

Atraia usuários para seu anúncio com um título matador. Não importa o tamanho do espaçamento com o qual você está trabalhando – de um anúncio no Facebook a um outdoor – algumas palavras-chave ou frases para chamar a atenção são vitais para o sucesso da campanha publicitária.

O título deve corresponder ao restante do design em uso de tipografia e composição gráfica, bem como o tom dos recursos visuais. Pode ser poderoso e firme, suave e empático ou questionador e instigante. No mínimo, deve ser algo memorável e estabelecer uma conexão lógica com sua marca e o conteúdo do anúncio.

Ao pensar nos títulos e na campanha publicitária como um todo, o mesmo título pode ser usado em toda a campanha com diferentes recursos visuais ou vários títulos podem ser usados. Porém, todos devem ter a mesma vibração estética, para que haja continuidade entre os anúncioS.

Os melhores títulos são curtos, simples e levam os usuários a realizar algum tipo de ação.

3. Abuse do storytelling

Uma campanha publicitária deve contar uma história. Isso pode acontecer de uma só vez, com vários anúncios, ao mesmo tempo ou em um período de tempo especificado com uma série de anúncios que são lançados um de cada vez. O importante é manter a narrativa do storytelling!

A história visual deve incluir uma paleta consistente de cores e tipografia em toda a campanha publicitária, bem como tratamento visual de imagens, vídeos ou ilustrações. Pense em uma campanha publicitária como um projeto de design com várias partes que são todas peças do mesmo quebra-cabeças. Mantenha sua história compreensível, seguindo uma linha de raciocínio e escale a venda.

Um erro comum de muitas empresas é colocar muita informação na história. Mesmo com soluções criativas de grande escala, não há muito espaço para trabalhar se você quiser que os usuários vejam suas informações rapidamente. Imagens e texto precisam ser entendidos em apenas alguns segundos. Você não está escrevendo um romance, você está contando uma história curta. Seja objetivo(a) e persuasivo(a), o resto é consequência!

4. Promova reviravoltas

Os melhores anúncios geram surpresa no espectador! Pode ser através do design, do texto ou combinação de elementos. Deve ser inteligente, mas relacionado ao seu objetivo final, seja fazer com que os usuários cliquem em um link ou em “ver mais” para obter informações.

O que há de diferente no seu negócio ou marca? Ou o que é muito parecido com isso, mas algo que você pode apresentar de uma maneira diferente? A melhor maneira de encontrar uma solução para uma boa campanha publicitária é começar com uma sessão de brainstorming aberta, onde nada está fora dos limites – veja quais ideias surgem e partir daí.

5. Crie uma experiência imersiva

O formato de anúncio digital, em particular, dá aos designers muita liberdade para criar campanhas que parecem menos anúncios e mais experiências. E os usuários gostam dessa maneira.

Envolva os sentidos com visuais chamativos, som, movimento e imagens que criem uma conexão emocional. As criações mais envolventes são aquelas que ajudam os usuários a fazer algo, desde compartilhar hashtags até clicar em “curtir”. Uma campanha publicitária pode funcionar da mesma maneira para gerar engajamento.

Dê aos usuários algo para fazer. Mostre-lhes que muitas outras pessoas estão fazendo isso. Faça da sua experiência algo que as pessoas sintam que devem fazer parte.

6. Utilize vídeos

Você deve ter percebido que o TikTok está bombando, não é mesmo? Vídeos curtos são a sensação do momento – e isso também vale para a criação de campanhas publicitárias.

Os consumidores estão cada vez mais impacientes e, se você não mostrar algo relevante nos primeiros segundos, poderá perder a atenção deles para sempre. E dentro do mundo do marketing, perder um cliente em potencial de vez pode ser fatal!

Para endomarketing, existe sempre a opção de vídeos em animação 2D para melhor orientar colaboradores. O importante é utilizar toda a tecnologia em produção publicitária a seu favor.

7. Deixe-os com gostinho de “quero mais”

Um bom anúncio deixa os usuários querendo saber mais ou os levam a tomar uma atitude. A ação pode ser na forma de fazer uma compra ou apoiar uma causa ou até mesmo visitar seu site.
Parte da filosofia por trás de deixar os usuários querendo mais em campanhas publicitárias é que você não tem muito espaço ou tempo para capturar a atenção do consumidor. Deve ser rápido, interessante e indicar uma ação a tomar. Essa última parte é fundamental! Com anúncios online em particular, os usuários esperam clicar para obter mais informações, mas às vezes você ainda precisa dizer a eles “clique aqui para saber mais” ou “clique para obter 10% de desconto”.

Conclusão

Por muito tempo houve uma abordagem quase estereotipada para o design de anúncios, em que o designer enfiava o máximo de informações possível no espaço.

Hoje, a abordagem é a mesma para qualquer tipo de conteúdo de campanhas publicitárias. Use bem os espaços em branco, conte uma história e deixe o conteúdo ditar o design. A grande diferença está em garantir que os usuários tenham algo a fazer para concluir a experiência de interação com o anúncio.

Lembre-se: na criação de campanhas publicitárias, os anúncios não precisam ser diferentes de outros tipos de conteúdo; eles devem ser bem desenhados e agradáveis ​​aos olhos.

Para isso, entre em contato com um Monstro e potencialize suas campanhas publicitárias!

Deixe um comentário

4 + 17 =