Segundo a Wikipedia, Criação de Conteúdo é “a contribuição da informação para qualquer mídia e mais especialmente para a mídia digital para um usuário final/público em contextos específicos. Conteúdo é ‘algo que deve ser expresso através de algum meio, como fala, escrita ou qualquer uma das várias artes para auto-expressão, distribuição, marketing e/ou publicação’. 

As formas típicas de produção de conteúdo incluem manutenção e atualização de sites, blogs, fotografia, videografia, comentários online, manutenção de contas de mídia social e edição e distribuição de mídia digital. Uma pesquisa do Pew Research Center definiu a criação de conteúdo como ‘a criação do material que as pessoas contribuem para o mundo online’.”

terceirização de times de criação

Diferentemente de Michael Scott, nós Monstros temos plena ciência de que a Wikipedia passa looooonge de ser a fonte de informação mais confiável. Porém, nesse caso, a definição foi objetiva e precisa.

Afinal, o que é criação e produção gráfica digital?

Quando você insere uma pergunta na barra de pesquisa do seu navegador de internet, os links que aparecem nos resultados da pesquisa são de conteúdo. Quer você saiba ou não, você consome conteúdo diariamente!

Sabe aquele guia de estratégia de marketing que você encontrou no Google? Isso é resultado de uma produção de conteúdo digital. Aqueles artigos online que diagnosticam seus sintomas e te fazem se autodiagnosticar sem ir ao médico? Isso saiu de um departamento de criação. O tutorial em vídeo sobre como fazer um bolo de cenoura? Adivinha só: produção de conteúdo. Histórias de notícias, feeds do Instagram, postagens em blogs, vídeos de animais fofos, GIFs, memes… tudo é produção de conteúdo digital!

Que fique claro: a criação de conteúdo digital é um elemento importante da estratégia online de uma empresa. E os gerentes de marketing em todas as organizações precisam utilizar estratégias de produção de conteúdo digital para escalar seus negócios. Cada conteúdo que você cria – sejam newsletters, estudos de caso, postagens de blog – deve ser elaborado e projetado para atrair clientes em potencial para sua marca, ampliar seu alcance orgânico e aumentar suas taxas de conversão.

Departamento de criação orientado à utilidade

Uma regra prática na criação de conteúdo digital é que todo conteúdo que você cria deve ser útil e relevante para seu público-alvo. A razão é que quanto mais útil for o conteúdo, mais simples será para o público contextualizá-lo à sua situação específica e, por sua vez, compartilhá-lo com outras pessoas em sua rede.

Existem várias etapas que você pode seguir para começar a usar conteúdo digital. Algumas dessas etapas podem não ser aplicáveis ​​a todos os tipos de conteúdo, mas geralmente se aplicam à maior parte do conteúdo gerado por marcas B2B:

Determine a finalidade do seu conteúdo

Tipos específicos de conteúdo têm finalidades específicas. Estudos de caso, por exemplo, demonstram a experiência e o conhecimento de sua organização em áreas específicas. Por outro lado, a produção de conteúdo em vídeo pode ser utilizada para envolver um grupo demográfico diferente por meio de conteúdo visual que seja divertido e educacional. 

Determinar o objetivo no início do processo de criação de conteúdo aumentará as chances de seu conteúdo alcançar os resultados desejados.

Produza conteúdo útil e de qualidade

Como mencionado acima, uma regra prática na criação de conteúdo digital é que todo conteúdo que você cria deve ser útil e relevante para seu público-alvo. Além da utilidade do conteúdo, também precisa haver uma forte ênfase na criação de conteúdo profissional de alta qualidade.

Reúna seu departamento de criação e faça um brainstorming, sempre tendo em mente “quem vai acessar esse conteúdo e como ele pode ser útil?”. Com isso bem definido e claro na sua mente, tudo fica mais fácil!

Produção de conteúdo para mídias digitais

Compartilhar conteúdo diferente em cada uma das redes sociais de sua empresa expande o alcance da sua marca e adiciona escala às campanhas. O conteúdo que você compartilha em cada site deve ser preferencialmente único, de forma a incentivar seus seguidores a te seguirem em mais de uma rede. 

Conteúdos como posts de blog, por exemplo, podem ter muitas visualizações, curtidas e compartilhamentos. Isso normalmente resulta em classificações mais altas nos mecanismos de pesquisa.

Utilize as hashtags designadas para a temática do post, bem como as que estão trending no dia/semana. Isso irá aumentar o alcance orgânico de suas publicações sem a necessidade de impulsionamentos.

Implemente estratégias de SEO

Simplesmente adivinhar palavras-chave para usar em todo o seu conteúdo, esperando que ele ressoe com seu público, dificilmente trará resultados significativos. É muito mais benéfico implementar uma estratégia formal de SEO que aproveite ferramentas do Google e outros recursos semelhantes. Uma estratégia de SEO bem planejada ajuda você a determinar os termos mais pesquisados ​​e valiosos para o seu setor na localização estipulada.

Rastreie e analise os dados

Em circunstâncias ideais, seu programa de análise deve mergulhar a fundo nos dados registrados – indo além de simples visualizações de página e reproduções de vídeo – para avaliar o comportamento das pessoas que estão visualizando partes específicas do conteúdo. 

Também é importante manter o conhecimento de suas classificações nos principais mecanismos de pesquisa e trabalhar continuamente para melhorar essas classificações.

Montar times dedicados para produção de conteúdo digital

Como profissionais de marketing, tendemos a focar em áreas que nem sempre dizem respeito à criação e produção de conteúdo digital. 

Quando chega a hora de começar a implementar sua estratégia de conteúdo digital, uma pergunta comum feita pelos profissionais de marketing é “por onde eu começo?”

Como em (quase) tudo na vida, existem processos. A criação e produção de conteúdo digital não é diferente. Para tanto, recomendamos a terceirização de times de criação. Porém, se esta não é uma realidade para o momento, sugerimos o passo a passo a seguir:

1. Pesquisa de SEO

A pesquisa de SEO – também conhecida como pesquisa de palavras-chave – mostrará o volume de pesquisa de uma palavra-chave ou frase específica. Os resultados dessa pesquisa podem ajudá-lo a determinar se vale a pena investir na criação de um conteúdo em torno de um tópico ou palavra-chave específica. Faça algumas pesquisas em torno das palavras-chave e frases que pertencem ao seu setor, para ver se pessoas suficientes estão procurando por elas para justificar a criação de conteúdo. 

Uma prática comum é segmentar palavras-chave que tenham um volume de pesquisa mensal (MSV) e dificuldade de palavra-chave que corresponda à autoridade do seu domínio. Por exemplo, tentar segmentar palavras-chave de alto volume (leia-se: altamente competitivo) durante os estágios iniciais de seus esforços de blog provavelmente não produzirá resultados tangíveis. Existem algumas ótimas ferramentas de pesquisa de palavras-chave, como SEMRush ou Moz Keyword Explorer, que podem fornecer um ótimo começo para determinar as melhores palavras ou frases para sua marca segmentar e começar a criar tráfego e visibilidade para seu conteúdo.

2. Redação

Independentemente de sua criação de conteúdo ser através de vídeos, gráficos ou podcasts,, escrever um conteúdo de qualidade é essencial para o processo de criação. Mas não importa quais sejam seus pontos fortes de criação de conteúdo, o processo segue diretrizes bastante semelhantes para cada meio.

Escreva conteúdo que atenda aos desejos e necessidades do seu público. Use sua voz, eufemismos e até mesmo do humor para construir uma peça que ressoe com esse público.

Seja único. Você não precisa reinventar a roda, mas simplesmente regurgitar as informações que já existem não vai ajudá-lo a alcançar a audiência ou criar valor para o seu público. Crie uma abordagem única ou incorpore novas pesquisas ao seu conteúdo para destacá-lo.

Mantenha-se fiel à sua voz. Evite tentar impressionar seu público com um vocabulário expansivo se eles não falarem desta maneira. Seus esforços adicionais para impressionar provavelmente passarão despercebidos porque essa comunicação simplesmente não ressoará com seu público. Em vez disso, mantenha a consistência na voz da sua marca e crie confiança com seus espectadores

Use títulos, meta descrições e outros teasers para obrigar seu público a ler seu conteúdo. Coloque o benefício do seu conteúdo logo no título para que eles saibam por que devem lê-lo.

3. Edição

A edição como um todo é um processo muito subjetivo. Algumas pessoas gostam de editar seu conteúdo enquanto o criam, outras preferem esperar alguns dias e revisar seu trabalho com novos olhos. De qualquer forma, você deve refinar seu conteúdo durante a edição, monitorando elementos como voz, linguagem e estética.

4. Publicação

O luxo de viver durante essa revolução tecnológica é que publicar conteúdo de marketing é tão simples quanto clicar em um botão. Mas por mais fácil que pareça, o processo como um todo não é tão simplório se você deseja obter resultados. Assim, você pode publicar seu conteúdo imediatamente após o upload, porém, você pode maximizar seu impacto esperando um momento ideal para publicá-lo.

Quando você está apenas começando, publicar seu conteúdo imediatamente provavelmente não afetará muito seu público, porque você ainda está nos estágios iniciais de construção de seu público. Mas se você eventualmente construir um cronograma de publicação, como entregar uma nova postagem toda terça-feira, seu público irá esperar ver postagens publicadas na terça-feira. Um cronograma de publicação cria confiança com seu público ao saber que eles podem esperar conteúdo de você de forma consistente.

Produção de conteúdo digital para marketing

De acordo com Ranksey, os compradores B2B consomem pelo menos 13 peças de conteúdo antes de tomar uma decisão de compra. 

O que isso significa? 

Que o conteúdo é essencial para qualquer estratégia de marketing digital. O conteúdo pode ser usado para interagir com seu público e clientes em potencial em todas as etapas do processo de compra. 

Há também benefícios adicionais que o conteúdo pode oferecer a você como profissional de marketing além da jornada do comprador:

O conteúdo digital constrói a reputação da marca

A criação e produção de conteúdo digital de qualidade fornece um meio com o qual você pode se comunicar efetivamente com seu público online. Esse conteúdo ajudará os membros do seu público a fazer a transição para clientes pagantes que voltarão e interagirão com seu conteúdo ou site regularmente.

Isso será benéfico para a reputação da sua marca. Clientes satisfeitos provavelmente contarão a outras pessoas sobre sua experiência com sua marca, produto ou serviço. E quando esse sentimento é positivo, normalmente produz resultados no crescimento de sua base de clientes.

Produção de conteúdo digital melhora a visibilidade da sua marca

Esse benefício se enquadra no leque de reconhecimento da marca. O reconhecimento da marca é essencial para obter visibilidade no mercado ultracompetitivo de hoje, e o conteúdo digital é crucial para desenvolver essa visibilidade. Para atrair atenção online, você precisa encontrar seu público e publicar conteúdo que os interesse o suficiente para se envolver com ele. Isso aumenta a visibilidade de sua marca por uma razão simples: quanto mais pessoas estiverem discutindo sua marca e se engajando com ela, maior a probabilidade de outras pessoas verem e ouvirem sobre sua marca.

Produção de conteúdo digital dá sobrevida ao seu negócio

É uma ocorrência diária para estabelecimentos físicos ver visitantes entrando em sua loja, navegando em seus produtos e depois saindo sem comprar nada. Os compradores de vitrines vêm e vão, mas alguns poucos realmente fazem uma compra. E quando um cliente está satisfeito, ele provavelmente voltará para mais no futuro. No entanto, se você estiver recebendo mais compradores de vitrines e menos clientes, sua vitrine provavelmente deixará de existir por muito tempo.

As empresas que giram em torno da internet também podem ser comparadas a essa descrição. Independentemente de você ter muitos visitantes no site, sua empresa falhará se nenhum desses visitantes se converter em clientes pagantes. O conteúdo digital fornece ativos que ajudam você a usar estratégias e técnicas que atraem não apenas mais tráfego, mas também tráfego altamente segmentado que gera resultados e produz ROI que manterá as luzes acesas em seu estabelecimento. E, como gerente de marketing, também o mantenha empregado de forma lucrativa.

Conclusão

Criação e produção gráfica digital não é uma tarefa fácil. Há tantos elementos a serem considerados em seus esforços e enormes quantidades de dados a serem analisados ​​ao tentar estabelecer as melhores práticas. A criação de conteúdo digital forma a base dessas práticas porque cria os pontos de dados e o feedback do consumidor necessários para detalhar quais esforços estão se mostrando eficazes e quais não são. E esse fato é, sem dúvida, o que torna a criação de conteúdo tão importante para todos os gerentes de marketing nos dias de hoje.

O cenário de negócios como um todo está atendendo cada vez mais ao consumidor digital, e esse foco na experiência do consumidor no mundo digital é praticamente garantido para manter uma importância crescente nos próximos meses e anos. Portanto, se você ainda não implementou uma estratégia de produção de conteúdo digital nos esforços de marketing de sua marca, a hora é agora. É mais crucial para a sobrevivência do seu negócio do que nunca!

Não sabe por onde começar? A gente te ajuda!




Fale com um monstro

Deixe um comentário

vinte − quatro =